Construir Casa

Porque construir casa ainda é o sonho de muitas pessoas?

Há uma mística antiga e que perdura no tempo: constituir família, construir casa para criar os filhos e aguardar a reforma. Mas, porque é tão apetecível construir uma casa em pleno século XXI? Porque, na era do arrendamento, ainda há tantos clientes a preferir construir a sua casa?

Construir casa é uma garantia de futuro

Com efeito, ao contrário do arrendamento, em que ao pagamento da renda nunca corresponde a entrega do imóvel, na aquisição ou no ato de construir uma casa, o aumento do património é uma clara vantagem para o futuro proprietário.

Por outro lado, construir casa de raiz é um investimento que pode proporcionar um retorno muito interessante no futuro, caso o proprietário opte pela venda do imóvel. É muito mais barato construir casa do que adquirir um apartamento ou moradia já construído e comercializado pelo construtor.

Arrendar, comprar ou construir casa?

O arrendamento tem a vantagem de permitir uma mobilidade muito maior, levantando os maiores entraves quando, por exemplo, tem de mudar de cidade por causa do emprego. Ou até de país. No entanto, arrendar é mais caro do que comprar ou mandar construir. E, além disso, a renda não acrescenta nada em termos de património futuro.

Comprar casa também pode ficar mais caro. Dado que está a pagar a margem de lucro do construtor, da imobiliária e de eventuais outros intermediários. Construir uma casa elimina todos os intermediários, baixando significativamente o custo total do imóvel.

Construir uma casa é, por isso, a opção mais em conta. Basta adquirir um terreno, conseguir a licença e fazer o projeto. Depois, é contratar uma empresa de construção civil e construir a casa com que sempre sonhou. O sonho de construir casa está à distância de um desejo e alguns contactos, quer a nível de investimento, quer a nível de construção civil.

Para saber mais ou pedir conselhos sobre como construir casa, contacte-nos.

Empresa de Construção Civil

O que procurar numa empresa de construção civil?

Existem no mercado milhares de empresas de obras e remodelações, cada qual com as suas competências, pontos fortes e pontos fracos. Mas, quais os critérios para escolher uma empresa de construção civil? Que valências privilegiar e que mais-valias preferir?

Dicas para escolher uma empresa de construção civil

  • Serviços – o leque de serviços prestados é a primeira variável a ter em conta numa empresa de construção civil. Não pretende certamente contratar um serviço a uma empresa e ter de recorrer a uma segunda para outra obra ou serviço diferente. A comodidade e a agilização são importantes.
  • Reputação – pesquise sobre a reputação da empresa de construção que pretende analisar. Veja que projetos já fez e que clientes tem. A história diz muito acerca de qualquer empresa.
  • Portfolio – o portfolio diz mais sobre uma empresa de construção civil do que mil descrições. Analise os projetos, observe fotografias e depois pondere.
  • Testemunhos – não há ninguém melhor para falar sobre uma empresa de construção civil do que os seus clientes. Procure testemunhos de clientes e veja o que dizem do trabalho da empresa que está a analisar.

A presença online pode dizer muito acerca de uma empresa

  • Preços – embora possa não ser determinante, o fator preço tem sempre influência na escolha de qualquer empresa de construção civil. Entre duas empresas de iguais competências, o preço pode ser um fator determinante. Além disso, desconfie sempre de empresas que lhe apresentam preços demasiado baixos.
  • Presença web – uma das formas modernas e mais eficazes de analisar qualquer empresa, seja uma empresa de construção ou de outro mercado qualquer, é a sua presença na web, incluindo o seu website. O cuidado que as empresas têm com o seu perfil digital pode dizer muito acerca da sua competência e nível de zelo e rigor.

Para saber mais, contate a nossa empresa de construção civil.

Remodelação de Apartamentos

Qual o preço médio de uma remodelação de apartamentos?

Muitos proprietários estão hoje a pensar apostar na remodelação de apartamentos. Seja para venda, seja para arrendamento, nomeadamente a turistas estrangeiros, aproveitando a recente vaga de turistas que têm vindo em massa para Portugal. Mas, muitos, não sabem ao certo quanto pode custar uma obra desse tipo.

Quanto pode custar a remodelação de apartamentos?

Tudo depende do tipo e da dimensão da obra que pretende fazer. Há obras de remodelação de apartamentos que podem ascender a vários milhares de euros. Sobretudo em prédios antigos em zonas mais tradicionais das grandes cidades. Outras, podem ser bastante mais baratas, incluindo apenas alguns retoques mais superficiais.

Para saber com mais exatidão o preço da remodelação de apartamentos, o ideal é contatar uma empresa de remodelações e pedir um orçamento e um plano de ação para a sua obra. Nesse plano, já deve constar o preço dos materiais, da mão-de-obra e uma verba para eventuais derrapagens, quer nos custos, quer no prazo de conclusão da obra.

Com o volume atual de obras de remodelação de apartamentos em curso, sobretudo nas cidades de Lisboa e do Porto, pode não ser muito simples encontrar uma empresa de remodelações que possa ser o parceiro ideal para o seu projeto.

Como encontrar uma empresa de remodelações de confiança?

Para encontrar o seu parceiro de obras ideal, tente fugir um pouco das grandes empresas, que estarão, por esta altura, assoberbadas de trabalho e serão, por isso significativamente mais dispendiosas. Uma boa dica para fugir dessas empresas é afastar-se de empresas das grandes cidades.

Peça vários orçamentos. Pesquisa na Web. Peça opiniões a familiares, colegas ou amigos. E procure em fóruns de discussão e nas redes sociais. Normalmente, uma empresa de remodelações de apartamentos de confiança vai construindo uma reputação e espalhando testemunhos positivos pela Internet.

Para saber mais, consulte a nossa empresa de remodelação de apartamentos.

Obras Interiores

Conselhos úteis para quem vai fazer obras interiores

Fazer obras nunca é uma tarefa simples, sejam obras interiores ou exteriores. A sujidade, a confusão e as alterações à rotina podem virar a sua vida do avesso, mesmo que temporariamente. Listamos aqui algumas dicas para que não perca a cabeça durante as obras interiores na sua casa.

Como sobreviver a obras interiores?

  • Planeamento – é meio caminho andado para as obras interiores correrem bem. Reúna todas as suas ideias e reserve um orçamento para o projeto. Faça um briefing detalhado com a empresa de remodelações que contratar e assegure-se que consegue transmitir a mensagem corretamente.
  • Confiança – contrate uma empresa de remodelações de confiança, já que vai entregar a chave da sua casa. Peça referências a familiares ou amigos e recolha testemunhos de clientes anteriores.
  • Disponibilidade – faça balanços frequentes com a empresa de remodelações que contratar e esteja sempre contactável, caso aconteça algum imprevisto ou surja alguma questão. Isso vai permitir que a obra ande muito mais rapidamente.
  • Imprevistos – é algo que acontece com frequência em qualquer obra. Além disso, pode mudar de ideias com o andar do projeto e alterar intervenções que estavam previstas de início. Aconselhamos a que mantenha uma mente aberta e confie na sua empresa de remodelações. Reserve uma folga orçamental para imprevistos.
  • Vizinhança – todos sabemos que obras interiores são sinónimo de barulho, movimento e sujidade. Por isso, restrinja o horário das obras para não incomodar os vizinhos. Coloque um aviso no prédio para que todos saibam da duração da obra. Peça compreensão por qualquer inconveniente.
  • Paciência – o maior afetado pelas obras é o seu agregado familiar. Mentalize-se a si e à sua família de que vão haver incómodos e que são inevitáveis e temporários. Tente passar algum tempo fora de casa para tentar descansar até terminarem as suas obras interiores.

Para saber mais sobre obras interiores, contacte-nos.

Remodelação de casas

9 passos para a remodelação de casas

Pegar numa casa antiga e remodela-la pode ser um dos desafios mais aliciantes para qualquer proprietário. Mas, há passos a seguir e muitos obstáculos pelo caminho, pelo que o melhor é estar informado. Listamos aqui os 9 passos essenciais para a remodelação de casas e que podem ajudar a facilitar o processo.

Quais os passos a seguir para a remodelação de casas?

  1. Encontrar uma propriedade

Muitas propriedades em Portugal têm potencial de renovação, no entanto é necessário assegurar-se de que tem potencial financeiro para o fazer.

  1. Fechar negócio

Atualmente, a compra de casas e outras propriedades está em alta. Muita gente tem a ideia de apostar na remodelação de casas. Os leilões podem ser uma boa ajuda nesta fase.

  1. Processo de design

A remodelação de casas começa no design. É neste processo que vai assentar todo o projeto, por isso, deve ser alvo de uma atenção especial.

  1. Reparar e renovar o que já existe

Um dos principais atrativos da remodelação de casas é manter o charme da traça original. Mas, o que fazer quando os materiais estão em más condições? É importante saber quando deve reparar e quando deve substituir.

  1. Alterações estruturais

Pode querer acrescentar espaço ou alterar o que já existe, convertendo varandas ou até garagens. Alguns projetos de remodelação de casas implicam, inclusive, derrubar paredes. É importante ter estes custos em conta.

  1. Alterações exteriores

Estas alterações vão mudar o aspeto da sua casa. Tenha em conta as autorizações necessárias e o orçamento para fazer estas mudanças. O resultado final pode ser muito interessante.

  1. Climatização

Uma casa antiga vai necessitar de equipamento de climatização. Antes de começar, veja o que pode instalar e quais os custos que vai ter.

  1. Certificação energética

Este processo é necessário se quiser vender a casa mais tarde. Certifique-se de que tem tudo conforme e solicite a visita de um técnico para obter o certificado energético.

  1. Acabamentos finais

Esta é a parte mais excitante da remodelação de casas. É altura de dar os retoques finais na sua obra. Os materiais têm aqui um papel importante, mas é preciso saber escolher bem.

Para saber mais sobre a remodelação de casas, contacte-nos.

Empresa de remodelações

Para que serve uma empresa de remodelações?

Se este ano, uma das decisões que tomou foi efetuar aquela remodelação há tanto tempo adiada, então há vários passos de deve dar. O primeiro de todos é definir o dinheiro que tem para gastar, isto é, o orçamento disponível. A partir daí, tudo será mais fácil.

Se não tem conhecimentos técnicos ou não sabe como fazer o projeto, o melhor é, desde logo, pensar em consultar uma empresa de remodelações. Existe uma grande oferta no mercado, basta fazer uma simples pesquisa na Web por “empresa de remodelações”.

O papel da empresa de remodelações no seu projeto

Quando definir o orçamento disponível, não se esqueça de deixar alguma margem, pois há projetos de derrapam e alterações de última hora que podem influenciar o preço final. Se não puder fazer tudo de uma vez, tente planear as modificações pouco a pouco. Uma vez definido o orçamento e o projeto, há que pensar num local para ficar.

As obras fazem pó, barulho e provocam sempre muita confusão, por isso não é aconselhável ficar em casa durante a remodelação, sobretudo se tiver animais ou filhos pequenos. Se se tratar de uma obra mais pequena, pode tentar isolar a divisão ou divisões mais afetadas.

Seja qual for a decisão que for tomar, aconselhe-se primeiro com a sua empresa de remodelações. Os técnicos têm experiência e podem indicar qual a melhor solução para a obra em concreto.

É importante que considere a sua empresa de remodelações como um parceiro, mais do que um mero prestador de serviços. O conhecimento acumulado permite encontrar soluções onde aparentemente não existem.

Como encontrar uma boa empresa de remodelações?

Pergunte a amigos, vizinhos ou colegas de trabalho. O boca-a-boca costuma ser um bom conselheiro. Se não conseguir, faça uma pesquisa na Internet por palavras-chave como “empresa de remodelações. Os primeiros resultados orgânicos costumam ser os mais importantes, mas pode ir consultando várias opções.

Para saber mais, contacte a nossa empresa de remodelações.

pintura de interiores

Dicas úteis para a pintura de interiores

A pintura de interiores pode não ser uma tarefa fácil para quem não conhece nada sobre o assunto. Não basta aplicar a tinta, existe todo um trabalho de preparação que precede a pintura. Mas, para dar uma ajuda, listamos aqui os principais passos e dicas para a pintura de interiores.

Conselhos profissionais para facilitar a pintura de interiores

Antes de proceder à pintura de interiores, é imperativo reparar todas as paredes que se pretende pintar, sob pena das imperfeições se refletirem na pintura. É necessário tapar todas as fendas com massa e o auxílio de uma espátula, para que fique tudo bem preenchido. Depois deste passo, deixe a parede secar algumas horas, raspe e lixe até ficar perfeitamente liso.

Se as fendas forem muito grandes, além da pasta de celulose, deve aplicar também gesso fino, de forma a ficarem mais preenchidas. Remova posteriormente o excesso com uma lixa. Caso existam buracos na parede de grande dimensão, crie uma pasta com tijolo e gesso negro e depois tape-os com a ajuda de ferramentas apropriadas.

Quando existem muitos danos, é importante estucar as paredes

Nalguns casos, é importante estucar de novo as zonas mais afetadas da parede, sobretudo quando existem danos provocados pela humidade. Importa remover todo o gesso anterior antes de estucar a parede novamente.

O passo seguinte é preparar a superfície, aplicando uma camada de primário com o auxílio de um rolo de pintura. O primário de látex é um dos mais utilizados. De seguida, deixe secar e depois aplique tinta plástica. Aplique a tinta em passagens paralelas até cobrir toda a parede.

Se o trabalho não ficar perfeito, aplique outra demão, deixando secar entre pinturas. Siga estas dicas e a pintura de interiores será mais fácil, rápida e organizada.

Se preferir, contacte a nossa empresa de pintura de interiores.

remodelação de interiores

6 Erros a evitar na remodelação de interiores

Todos pensamos que sabemos um pouco de remodelação, por mínimo que seja. Mas, a verdade é que as nossas intenções, por muito boas que sejam, muitas vezes, podem prejudicar o nosso próprio projeto de remodelação de interiores. Deixamos aqui 6 erros comuns que é natural cometer-se em projetos de remodelação de interiores.

O que não fazer num projeto de remodelação de interiores

  1. Não atrase as decisões: tome todas as decisões antes de começar o projeto. Aconselhe-se com a sua empresa de remodelação de interiores para saber que tipo de situações poderão surgir no âmbito do projeto. Antecipar problemas pode ajudar a poupar tempo e a evitar atrasos.
  1. Não mude de opinião todos os dias: é importante manter a coerência. Embora seja natural mudar de opinião de quando em vez, manter ao máximo o enfoque é essencial para o sucesso do seu projeto de remodelação. Mudar implica custos e mais atrasos.
  1. Não compre os seus próprios materiais: embora pareça uma solução inteligente para poupar dinheiro, a verdade é que a sua empresa de remodelação de interiores vai conseguir preços melhores por materiais de maior qualidade.
  1. Remodelar ou reconstruir? Algumas casas devem ser reconstruídas em vez de remodeladas, dado o seu atual estado de degradação. Não adianta estar a maquilhar uma casa que não tem condições para se manter de pé. É um desperdício de tempo e de dinheiro. Ouça o que os profissionais de remodelação têm a dizer.
  1. Acautele a presença de filhos e animais: a remodelação de interiores não é segura para as crianças e os animais. Acautele a sua presença noutro local durante as obras, para não acontecer nenhum acidente indesejável. É um mal menor e é temporário.
  1. Não fique a viver na casa: muitas pessoas ignoram esta regra. A remodelação de interiores é cara e uma mudança aumenta ainda mais a despesa. Mas, se não conseguir mudar-se por completo, pelo menos tente passar algum tempo fora de casa, num local confortável para onde se possa retirar quando a sua casa estiver mais confusa.

Para saber mais sobre a remodelação de interiores, contacte-nos.

5 dicas úteis para a remodelação de cozinhas

A remodelação de cozinhas não é uma tarefa fácil, sobretudo tendo em conta que as cozinhas são o centro de muitas casas e abarcam uma grande diversidade de detalhes. Para ajudar, listamos abaixo 5 dicas úteis para a remodelação de cozinhas. Independentemente de as seguir, pense bem antes de tomar qualquer passo em relação à sua cozinha.

Em que pensar quando iniciar um processo de remodelação de cozinhas?

  1. Funcionalidade acima de tudo: pense na melhor forma de otimizar o espaço e privilegie sempre a eficiência. A cozinha é um local de trabalho, por isso tem de ser, acima de tudo, funcional. Um item essencial a ter em conta é a iluminação, indispensável quando se cozinha ou prepara os alimentos.
  1. Iluminação: como já referimos, uma das variáveis mais importantes na remodelação de cozinhas é a iluminação. Luzes embutidas no teto ou nos armários podem ser uma boa solução para dispersar a luz. No entanto, é sempre importante ter uma boa luz central, seja um candeeiro ou luzes fluorescentes de teto.
  1. O papel do fogão: o fogão é a ferramenta mais visível e utilizada de qualquer cozinha, por isso, na remodelação de cozinhas, devem ser uma das peças a atualizar. Existem inúmeras marcas, modelos e cores de fogões, por isso, deve pensar bem antes de escolher o seu novo fogão. Se tiver um grande orçamento, pode pensar num fogão em bronze ou em níquel, se não aconselhe-se com a sua empresa de remodelações. Recorde que a área em torno do fogão é muito importante, por isso deve escolher um local desafogado.
  1. As bancadas: devem ter entre 60 e 64 centímetros e dispor de uma saliência para evitar as consequências dos salpicos ou derrames de líquidos ou molhos. As bancadas devem estar alinhadas, em termos de design, com o ambiente da cozinha. O mármore é sempre um bom material para as bancadas da cozinha.
  1. … e os armários: há quem pense que armários são apenas armários. Nada mais errado! Os armários são uma grande oportunidade de dar o seu cunho pessoal ao design da sua cozinha e otimizar os processos de trabalho. No seu processo de remodelação de cozinhas, pense nos armários superiores e inferiores e na arrumação que quer imprimir à sua divisão. Além dos armários, não se esqueça das gavetas, que são essenciais para uma boa arrumação. O lixo e os caixotes para a reciclagem devem estar perto do lava-loiças.

Para saber mais sobre a remodelação de cozinhas, contacte-nos.

Conselhos úteis para a reconstrução de casas antigas

A reconstrução de casas antigas implica muito planeamento, uma enorme dose de sangue frio e uma sábia consulta ao mercado. Mas, antes de proceder ao processo de reconstrução de casas antigas, reflita bem sobre o que expomos abaixo e sobretudo sobre as suas consequências. Ora veja.

Dicas antes de começar o processo de reconstrução de casas antigas

  1. Cuidado com a água – verifique bem os tetos, pisos e janelas e procure vestígios de danos por água. Isso pode ser um sinal de problemas estruturais graves. Uma das áreas da estrutura onde deve procurar vestígios de danos de água é a placa da soleira. Toda a estrutura vertical da casa é suportada por esta placa.
  1. Aconselhe-se com as pessoas certas – peça conselhos a empresas de reconstrução, a amigos empreiteiros, engenheiros e arquitetos. Faça alguma pesquisa e contate profissionais com experiência na reconstrução de casas antigas.
  1. A questão do orçamento – todas as casas antigas necessitam de renovações e remodelações. Por isso, a menos que tenha um orçamento ilimitado, prefira uma casa mais pequena e fácil de gerir. Respeite os compromissos cima de tudo.
  1. Comece pelo telhado, janelas e alvenaria – sabemos que pode ser tentador começar logo pela cozinha ou pelas pinturas das paredes, mas os primeiros passos para a reconstrução de casas antigas devem ser mais práticos do que estéticos. Lareiras e chaminés são bons locais para descobrir se a argamassa tem de ser reparada.
  1. A tecnologia é uma forte aliada – atualizar a climatização e os sistemas elétricos de uma casa antiga são a parte mais dispendiosa de qualquer processo de reconstrução de casas antigas. A tecnologia pode constituir aqui uma forte aliada, dado permitir soluções que possibilitem manter a traça original, atualizando todos os sistemas convenientemente.

Para saber mais sobre a reconstrução de casas antigas, consulte-nos.